Seguidores

sexta-feira, 14 de julho de 2017

Sepé nos 50 anos do TUOV em SP!!!!


No dia 2 de julho nosso espetáculo de teatro de rua "Sepé: Guarani Kuery Mbaraeté!" teve a honra de ser apresentado nos Relatos do TUOV, na comemoração dos 50 anos deste importante grupo de teatro popular. Este espetáculo, assim como o "Futebol nossa paixão!" é adaptado do texto de César Vieira. Trilhando esta busca por um teatro popular, seguimos os passos do TUOV, emocionados por poder caminhar lado a lado, ombro a ombro, e poder finalmente apresentar neste berço do teatro político e popular. Foi um momento mágico, onde assistimos vários grupos apresentar trechos de outros textos do TUOV. textos que sabíamos, alguns, de cor, por termos lido e utilizado em exercícios cênicos de oficinas. Foi uma viagem no tempo: o passado de um grupo atualizado no presente do encontro e a visão de um futuro onde buscaremos juntos este teatro popular. 
Entre tantas pessoas que conhecemos, e que agora fazem parte de nossa vida e história, o Luiz Alberto Barreto Leite nos brindou com um comentário que iremos compartilhar aqui. Obrigada Luiz Alberto! Que bom vivermos e podermos compartilhar estes momentos. "Arriba los que luchan!!!

"Vocês é que nos dão lições e mostram caminhos.Tornei-me, definitivamente, fã declarado do Levanta Favela. A vossa montagem de Morte aos Brancos é linda e forte. A pesquisa cênica enriqueceu o texto e aprofundou seu significado. Costumo ser avesso às modificações "modernizantes" de obras que já são modernas pela contemporaneidade de seu conteúdo e de sua linguagem. Mas, neste caso, o que vocês fizeram foi aperfeiçoar o texto enraizando-o ainda mais na resistente cultura guarani e lembrando-nos que, no geral, ainda somos os mesmos ibéricos que destruíram a República Guarani, a primeira república em terras da América, e dizimando seus povos que só agora começam a reerguer-se, tendo como resposta, novamente, massacres, torturas e a condenação à inanição. Tudo isso em uma encenação em que técnica e paixão e unem naquilo que Renata Petrocelli e eu designamos como Paixão Sábia. Evoé, Levanta Favela! Evoé, Robson Reinoso! Saudações libertárias"
Luiz Alberto Barreto Leite.